Amazonas

Publicado em: 21/05/2020  |  Por:  | Aleam

Deputado propõe suspensão do recesso parlamentar devido à pandemia

Deputado protocolizou requerimento pedindo suspensão do recesso de julho

Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) está com as sessões presenciais suspensas desde o dia 19 de março por conta da pandemia do novo coronavírus. Por essa razão, de acordo com o deputado estadual João Luiz (Republicanos), não haveria necessidade da haver o recesso parlamentar de julho. O parlamentar protocolizou requerimento na última terça-feira, 19, junto à Mesa Diretora pedindo a suspensão das férias dos deputados.

Para o deputado, o coronavírus prejudicou os trabalhos da Casa Legislativa, além de ter forçado a realização de sessões virtuais, por isso não haveria razão de paralisar as atividades no meio do ano. “Diante do cenário em que estamos vivendo, temos realizado os trabalhos de forma remota. Mas com a suspensão do recesso, além de poder exercer as nossas atividades normalmente, impedirá também que as votações de projetos importantes sejam adiadas para agosto”, justificou.

O parlamentar defende que os trabalhos da Assembleia são essenciais e que o Poder Legislativo deve manter suas atividades, principalmente em função das circunstâncias impostas pela pandemia. “Como parlamentares, temos o papel de legislar, cobrar a aplicação de medidas e fiscalizar, de forma permanente, a aplicação dos recursos públicos por parte do Governo e demais órgãos da administração, bem como debater com a população o conteúdo de matérias e demais demandas da sociedade”, enfatizou.

O recesso no meio do ano seria imprudente, ainda segundo a avaliação do deputado. “Vivemos uma situação atípica, na qual somente com a união de esforços poderemos minimizar os impactos negativos decorrentes da pandemia que assola o nosso Estado. Por isso, proponho aos meus pares que analisem e aprovem a minha proposta, cujo maior beneficiado é o Estado e a população amazonense”, concluiu.

Neste momento, a Assembleia discute, entre outras pautas, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde, que quer investigar o uso de dinheiro público pelo Governo do Amazonas em prol do sistema de saúde. O parlamento também discutia o processo de impeachment do governador Wilson Lima (PSC), antes do processo passar para o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Email:

Mensagem:

MAIS NOTÍCIAS

CURTA NA FAN PAGE
ENQUETE
O Amazonês
Tel.: (92) 99187-6366
© Copyright 2019 - O Amazonês. Todos os direitos reservados.